Notícia publicada sexta-feira, 02 de junho de 2017

“A energia e dinâmica das músicas é o que chama atenção de início. Os riffs simples de guitarra mostram consistência, além de variarem entre bases típicas do Hardcore nova-iorquino e momentos mais intensos típicos do Thrash. A cozinha dá o balanço necessário, com levadas interessadas e algumas mudanças de ritmos bem encaixadas.”

Leia a resenha completa em:
http://blogartemetal.blogspot.com.br/2017/04/the-wasted-rotten-society.html

Contato: weare@thewasted.com.br

Sites relacionados:
www.thewasted.com.br
www.facebook.com/TheWastedMetal
www.metalmedia.com.br/thewasted