Notícia publicada sexta-feira, 09 de janeiro de 2015

Panda, em primeiro lugar é uma enorme satisfação pode conversar com você sobre a Oligarquia, pra começar me conte um pouco como tudo começou.
Panda Reis – Valeu por me chamar pra esse bate papo, é sempre um prazer participar de manifestações realmente underground. Porra cara, já faz uns anos que tudo começou, na verdade nem eu sei ao certo quando tudo realmente começou, pois somos uma banda que aprendemos a tocar sozinhos, e esse processo foi longo, pois eu queria tocar baixo, até comecei no baixo, mas eu era muito ruim, e logo fui “jogado” pra bateria. Mas eu sempre tento datar o início da banda, mas isso não é fácil, pois até o primeiro show da banda, varias coisas aconteceram, gente entrou e saiu… ai pra facilitar as coisas, falo em 22 anos (primeiro show da banda foi em 1992), mas sabemos que a banda já pré-existia uns dois anos antes ou mais.
Era eu e o Cleyton Ishini que tivemos a idéia de montar uma banda, e o processo foi longo, primeiro compramos uma guitarra (Gianinni), ambos tentamos aprender e nenhum dos dois conseguiram… ai percebemos que era necessário ter um guitarrista que soubesse tocar mesmo, o foda é que nossa noção de tocar era muito limitada, ai apareceu o Alex Chiovitti, que por ter uma guitarra vermelha entrou na banda (porra, Jesse Pintado tocava uma guitarra vermelha, qualquer um que tivesse uma porra de uma guitarra vermelha só podia tocar bem!!! hahahahahahaha!!!! nos enganos… rsrs), e aprendemos todos juntos. Daí o resto é muita história pra contar aqui …

Me fale um pouco sobre você também, suas atividades e em como você se tornou baterista.
Panda Reis – Sou um afrodescendente, com quase 42 anos de idade, minha mente é um mosaico estranho e perturbadamente revoltosa, quase tudo feito pelos Sapiens Sapiens me incomoda de uma maneira que não incomoda 98% das pessoas, talvez esse seja um dos motivos para eu descontar todo meu ódio e raiva nas peles da bateria. Eu gosto muito de escrever, acredito que até mais do que fazer musica, como os caras dizem, eu sou o nerd mais maloqueiro do mundo, adoro estudar, ler… mas nem tudo, tem coisas que não leio, que não consigo mesmo… então fui fazer história e me formei como historiador, mas não parei por ai, continue estudando e ainda estou estudando, em 2015 estarei estudando Antropologia e depois parto pra uma especialização em História da África. Ainda acho um tempo pra jogar futebol, minha outra paixão, já esta na hora de parar com o futebol, o corpo pede pra parar, mas eu não consigo cara!!! rsrsrs
Agora como eu disse, “me tornaram” um baterista, tanto é que até hoje eu me esforço pra aprender a tocar, me fodo pra acompanhar os caras da banda , que tocam muito, eu diria que enganei bem nesses quase 25 anos de banda !!! rs

Leia a entrevista completa em:
http://www.sepulchralvoicefanzine.com/2014/12/entrevista-oligarquia.html

Contato: oligarquia@oligarquiadeath.com.br

Sites Relacionados:
www.oligarquiadeath.com.br
www.facebook.com/oligarquiadeath
www.metalmedia.com.br/oligarquia